Pimentas Online Pimentas Online
Você está em: Home » Pimentas » Cultivo » Transplante

Transplante

Cultivo

Tópicos da Seção Cultivo:

1 - Introdução
2 - Sementes
3 - Plantio das Sementes e Germinação
4 - Transplante
5 - Cuidados e Manutenção
6 - Florescimento e Polinização
7 - Podagem
8 - Colheita
9 - Pragas e seus tratamentos

4 - Transplante:

1º Estágio

Após permanecerem sob temperatura estável, dentro de 2 semanas as sementes já terão germinado. Após a germinação, o ideal é que você consiga colocá-las em locais onde possam receber luz em abundância por pelo menos 12 horas diariamente, para que cresçam da melhor maneira possível. Assim que as plantas produzirem 2 pares de folhas, chegou a hora de transplantá-las para um vaso de proporções um pouco maior - pode-se utilizar um vaso redondo com aproximadamente 100mm de diâmetro ou quadrado com área semelhante. Ao atingirem essa maturidade, suas mudas já terão raízes suficientes para serem transplantadas em seu primeiro estágio sem maiores empecilhos.

O processo de crescimento a partir do surgimento dos brotos até o aparecimento dos pares de folhas leva em torno de 2 a 4 semanas.

Para o transplante, aconselhamos que você utilize uma espatula plástica própria para essa operação, pois são extremamente baratas e podem ser encontradas em qualquer loja ou estabelecimento de jardinagem e produtos semelhantes (não deixe de visitar nossa área de Classificados para encontrar lojas e estabelecimentos em sua região ou mesmo em lojas virtuais).

Agora, basta seguir estes passos:

• No vaso para onde a muda será transplantada nesse primeiro estágio, abra um buraco grande o suficiente para que a muda e a terra do vasinho ou célula da bandeja seja colocada.

• Com o auxilio de uma espátula, retire a muda juntamente com toda a terra presente no vasinho ou na célula da bandeja. Caso você esteja utilizando os "vasinhos" feitos com jornal, como ensinamos no artigo anterior ( 3 - Plantio das Sementes e Germinação ), você não necessita utilizar a espátula para retirada da muda. Basta retirar o jornal cuidadosamente e logo em seguida coloque a muda no vaso preparado anteriormente.

OBSERVAÇÃO: Não puxe ou segure pela muda! A raiz é muito sensível e pode romper-se facilmente! Em todo o processo utilize a espátula e segure todo o conjunto - muda e terra - pela base.

• Pressione gentilmente a terra em torno da muda e pronto! Sua pimenteira esta pronta para se acostumar com a luz do dia, raios ultra-violetas e principalmente já tem um pouco mais de espaço para crescer vistosamente. Lembre-se de mantê-la em locais onde não exista rajadas bruscas de vento/ar frio ou mesmo variação excessiva de temperatura (se isso for possível).

2º Estágio

Após aproximadamente mais 4 semanas, você pode proceder para o transplante definitivo de sua pimenteira para sua nova morada - um vaso redondo ou quadrado com área semelhante (utilizamos vasos com aproximadamente 400mm de diâmetro), um jardim ou um canteiro (fixo ou móvel. Como canteiro móvel nos referimos aos vasos retangulares com grandes comprimentos, em torno de 2 a 2,5m).

Antes de mais nada, é importante salientar que a pimenteira é uma planta que oferece uma enorme vantagem por adaptar-se bem ao plantio em vasos ou canteiros móveis. Isso permite que você movimente a planta em caso de necessidade de proteção contra algum problema repentino.

Praticamente qualquer local onde haja terra bem cuidada, espaço suficiente para que suas raízes cresçam, boa temperatura e umidade pode servir como local de plantio da pimenteira.

Com relação ao material do vaso, container, canteiro, etc, pode ser tanto argila quanto plástico. Os vasos de argila são visualmente mais bonitos, enquanto os de plástico oferecem a vantagem de manter a temperatura da terra mais constante devido ao isolamento e bloqueio da troca de calor e umidade que ele proporciona entre a terra e o ambiente externo. Além disso, o plástico preto oferece uma maior capacidade de manter o calor da terra.

Sempre limpe e esterilize todo e qualquer recipiente ou ferramenta adquirida para evitar a transferência de doenças ou propagação de fungos ou erva daninha em suas plantas.

Para o transplante definitivo, faça o seguinte:

• limpe e esterilize o vaso ou canteiro móvel (caso você esteja utilizando essa opção)

• verifique se existem furações no fundo do vaso ou canteiro, para evitar o acúmulo excessivo da água de irrigação. Caso não exista, será necessário que você faça a perfuração manualmente. Furos de 8 a 10mm de diâmetro bem espaçados ao longo do comprimento já é o suficiente

• como garantia para o controle e não acúmulo de água, coloque uma camada de esferas (grânulos) de argila no vaso ou canteiro móvel. Esses granulos podem ser adquiridos em lojas de jardinagem ou estabelecimentos semelhantes (não deixe de visitar nossa área de Classificados para encontrar lojas e estabelecimentos em sua região ou mesmo lojas virtuais)

• preencha o vaso ou canteiro com terra até uma altura de 20 a 30mm para baixo da borda. Utilize terra preparada normalmente indicada para flores e plantas ornamentais. Misture o adubo (normalmente para essa fase utilizamos o mesmo adubo indicado para o cultivo de tomate) conforme for preenchendo o vaso ou canteiro móvel. Observe as indicações de dosagem do adubo conforme orientação do fabricante.

• abra um orifício no vaso, jardim ou canteiro definitivo num tamanho suficiente para acomodar a muda mais a terra do vaso onde esteve plantada

• retire a muda juntamente com toda a terra de dentro do vaso do 1º estágio.

• coloque a muda no orifício feito anteriormente, de maneira que o topo da terra onde a muda estava plantada em seu primeiro estágio fique em torno de 10mm para baixo do ponto mais alto da terra com adubo colocada no vaso ou canteiro móvel

• num canteiro móvel de aproximadamente 1 metro de comprimento você pode plantar até 3 mudas de pimenta. Para variedades como o Pimentão ou a Cubanelle, o ideal é que suas mudas sejam plantadas individualmente em vasos de 20 litros ou mais

• pressione a terra em torno das mudas para fixá-las de forma correta, preenchendo e igualando toda a superfície superior do vaso ou canteiro móvel

• regue as mudas e tenha certeza de sempre colocá-las num local com abundância de luz - principalmente solar - por pelo menos 8 horas por dia

Tópico Anterior: 3 - Plantio das Sementes e Germinação
Próximo tópico:
5 - Cuidados e Manutenção

Referências Gerais:

The Smithsonian Institute
Bioversity International
Discover Magazine

- * - * -

Newsletter:

Deseja estar sempre atualizado com as novidades e dicas do PimentasOnline.com!?

Basta cadastrar-se em nosso Newsletter digitando seu nome e e-mail no campo localizado abaixo do menu e logo em seguida clicando em OK!

É rápido e totalmente gratuito! Aproveite!

Facebook